Escola Sem Partido ameaça pluralismo na escola

Brasília, quinta-feira, 16 de março de 2017 - 17:52

EDUCAÇÃO

Escola Sem Partido ameaça pluralismo na escola


Por: Maiana Neves

Líder do PCdoB na Câmara, a deputada Alice Portugal (BA), repudia proposta e é atacada por defensores do projeto.

Richard Silva/PCdoB na Câmara
Alice Portugal critica projeto que quer instituir o programa Escola Sem Partido

A Comissão Especial que analisa o Projeto de Lei 7180/14 e seus apensados, que trata do Programa Escola Sem Partido, realizou audiência pública, nesta terça-feira (14), com a presença da presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, convidada a partir de requerimento da deputada Alice Portugal, líder do PCdoB na Câmara. No debate, Alice reiterou sua posição contrária à proposta por ameaçar o pluralismo na escola.

“Este projeto é de grande polêmica, pois ameaça o pluralismo na escola, a liberdade de cátedra e a organização estudantil. É fundamental dizer que a liberdade de cátedra é algo sagrado no magistério. Os professores estão preocupados com o conteúdo deste projeto, porque não há prova cabal no Brasil que ideologia de qualquer natureza esteja sendo ministrada na sala de aula, o que há é a possibilidade do docente apresentar as diversas correntes de pensamento, sociológicas, filosóficas. Irei votar contra esta proposta e acredito que o movimento educacional brasileiro não permitirá que essa atrocidade abata a nossa educação e nossos jovens”, disse a parlamentar, que é membro titular da comissão.

Durante o discurso, a deputada foi xingada por defensores da proposta que acompanhavam o debate na comissão. A parlamentar lamentou o fato de o colegiado ter se tornado “palco para minorias extremistas que querem transformar o Brasil num país amordaçado”.
    
Chamado pelos estudantes de “Lei da Mordaça”, o projeto limita a autonomia de educadores e educandos em nome de uma suposta neutralidade. Para a presidente da UNE, que também recebeu xingamentos durante sua fala, o caminho não é da neutralidade, mas sim da pluralidade. “A UNE defende o diálogo das diferentes correntes políticas na sala de aula. Nada tem de apartidarismo no projeto Escola Sem Partido, pois é um projeto essencialmente político”, afirmou.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com